MUVIR

Cartão Pride Bank: Conheça o produto financeiro voltado ao público LGBTQIA+

Um dos produtos financeiros que mais chamaram a atenção do mercado atualmente é o cartão Pride Bank. Desenvolvido com foco no público LGBTQIA+, esse recurso foi lançado pelo grupo Pride Bank, que oferece, também, uma conta digital com condições especiais.

No entanto, por ser uma novidade, podem existir algumas dúvidas quanto ao serviço e seus diferenciais. Nesse caso, vale a pena conhecer mais sobre ele antes de seguir com uma decisão.

Por isso, se está em busca de um novo pagamento de crédito diferenciado, confira detalhes sobre o cartão Pride Bank, e como ele funciona.

O que é o cartão Pride Bank?

O cartão Pride Bank é um meio de pagamento que foi desenvolvido para apoiar as operações da conta digital Pride Bank. Esses serviços fazem parte do banco digital de mesmo nome, que possui foco no público LGBTQIA+.

O banco surgiu em parceria com o Instituto Pride, que apoia psicologicamente pessoas LGBTQIA+ e HIV+. Parte da renda obtida pelo banco é destinada a esse atendimento.

Sua proposta é facilitar situações cotidianas para pessoas da comunidade, que vão desde a inserção do nome social no cartão, até seguros especiais, como é destacado até mesmo no portal UOL.

Isso inclui, também, a maneira como os associados desejam ser tratados, com o pronome que melhor atende a sua identidade de gênero.

Além disso, uma das premissas do grupo é a de facilitar a relação com o dinheiro. Assim, contribuir para que os portadores sejam mais capazes de promover sua independência financeira.

Como o cartão Pride Bank pode ser usado?

O cartão Pride Bank possui bandeira Mastercard e tem cobertura internacional. Logo, ele pode ser usado para compras no Brasil e no exterior, tanto em lojas físicas, quanto virtuais.

Além dessa disponibilidade, a bandeira permite que os portadores façam parte do programa de benefícios Mastercard Surpreenda.

Esse programa libera uma pontuação a cada vez que o meio de pagamento é utilizado. Posteriormente, esses pontos podem se tornar produtos e descontos, liberados pela plataforma Mastercard.

O cartão Pride Bank é crédito ou débito?

Efetivamente, o cartão Pride Bank é um meio de pagamento com a funcionalidade de crédito. Porém, ele é declarado como um de modalidade pré-pago.

Ao ser usado, ele debita valores diretamente da conta Pride, pois está conectado aos valores presentes na conta digital. E apesar de ser um pré-pago, não exige que sejam feitas recargas para funcionar.

Tarifas do cartão Pride Bank

Cartões pré-pagos costumam ter boas taxas de manutenção e o cartão Pride Bank não foge a essa premissa.

Suas tarifas são interessantes e acabam por tornar o uso financeiramente mais vantajoso. Veja quais são os valores cobrados pelo uso do Pride Bank:

AnuidadeGrátis
Emissão de cartãoDe R$10 até R$19,90, dependendo do plano
Manutenção do cartãoDe R$2,50 a R$3,90

Benefícios do cartão Pride Bank

A principal vantagem de obter um cartão Pride Bank é estar associado a um banco que possui ideais LGBTQIA+ em seus pilares.

Isso significa um atendimento mais humanizado, pensado para que os clientes tenham a melhor experiência possível com uma instituição financeira.

Porém, ainda existem outros benefícios que esse produto destaca, como:

Mastercard Global Service

A bandeira Mastercard, além de garantir a participação no programa de pontos Mastercard Surpreenda, também oferece a inclusão no Global Service.

Esse é um serviço de exclusividade da empresa, que promove atendimento especializado em situações emergenciais, tanto no Brasil, quanto no exterior, desde furtos até acidentes.

Serviços associados

Ao se cadastrar como cliente do Pride Bank e solicitar o cartão, além dos serviços relacionados com a conta digital, o cliente pode ter:

  • Seguro sobre acidentes pessoais;
  • Descontos em mais de 10.000 farmácias associadas;
  • Assistência residencial, com serviços de manutenção;
  • Teleatendimento médico;
  • Cobertura odontológica.

Possibilidade de gerenciar sua conta online

O Pride Bank disponibiliza um app para os clientes poderem gerenciar suas transações e, também, acompanhar a fatura do seu cartão de crédito.

Esse aplicativo pode ser baixado gratuitamente e tem versões para iOS e Android.

Desvantagens do cartão Pride Bank

Por outro lado, existem algumas desvantagens que se destacam no cartão Pride Bank, e vale a pena se atentar a elas durante a análise. Confira os principais pontos negativos:

Taxa nas transações

A grande maioria das transações realizadas pelo Pride Bank são taxadas. O motivo é que 5% desses valores são revertidos para entidades de apoio ao público LGBTQIA+.

No entanto, isso faz com que a manutenção e efetiva utilização dessa conta se torne relativamente alta.

Variação de limite

O cartão Pride Bank, efetivamente, não exigiria uma comprovação de renda muito alta e, por ser um pré-pago, também permite que negativados tenham acesso ao serviço.

No entanto, esses determinantes acabam incidindo diretamente na questão do limite de cartão, que pode variar conforme a renda informada e o score.

Conexão obrigatória

Para ter acesso ao cartão Pride Bank, o interessado precisa, obrigatoriamente, ter uma conta digital no banco conectada ao serviço.

Para quem não é tão adepto de contas exclusivamente online, esse pode ser um ponto negativo de grande impacto.

Como solicitar o cartão Pride Bank?

Para pedir o cartão Pride Bank, primeiro, é necessário abrir uma conta no banco digital. Isso pode ser feito tanto pelo site do banco, quanto pelo app.

Logo na página inicial, será possível encontrar o botão “Abra sua conta”. Ao clicar, será redirecionado para uma segunda página, onde deverá confirmar se deseja abrir uma conta ou logar na sua.

Clique, novamente, em “Abra sua conta”, e verifique o formulário, onde será possível inserir seus dados pessoais.

A partir disso, basta seguir o passo a passo proposto pelo sistema, com solicitação de imagens e documentos.

Entretanto, o processo é simples e pouco burocrático. Após a confirmação, o pedido entrará em análise e a aprovação é rápida.

Perguntas frequentes sobre o cartão Pride Bank

O cartão Pride Bank pode despertar curiosidade no público. Afinal, ele surgiu com uma proposta inclusiva interessante, de ser associado a um banco com orientação social.

Por isso, vale a pena conferir algumas perguntas sobre esse meio de pagamento especial:

Negativados podem solicitar o cartão Pride Bank?

Por ter a característica de pré-pago, onde os gastos se restringem ao valor existente na conta digital associada, o cartão Pride Bank é ideal para pessoas que possuem restrições no CPF.

Entretanto, isso pode influenciar em um limite mais baixo.

Pessoas que não são da comunidade LGBTQIA+ podem solicitar o cartão?

O cartão Pride Bank está disponível para todas as pessoas solicitarem, mesmo as que não fazem parte da comunidade LGBTQIA+. A proposta do banco é inclusiva e, se você concorda com as suas taxas, é um candidato para tê-lo.

Quanto tempo demora a criação da conta digital e a solicitação do cartão Pride Bank?

A abertura da conta Pride Bank e o pedido do cartão são procedimentos rápidos, realizados diretamente online. Em poucos minutos é possível abrir a conta e solicitar seu cartão.

O cartão Pride Bank vale a pena?

Vale a pena conhecer o cartão Pride Bank, principalmente para quem faz parte da comunidade LGBTQIA+.

Afinal, ele possui mais detalhes no processo de solicitação, manutenção e uso, que otimizam a relação das pessoas com o cotidiano mais inclusivo e socialmente respeitoso.

Além disso, suas taxas são acessíveis e o processo para gerenciamento da conta e fatura é feito totalmente online, para facilitar ainda mais a sua vida financeira.

E se você se interessou pelo serviço depois da análise, veja como pedir o cartão Pride Bank agora mesmo!