MUVIR

Quer saber como aprender inglês em três meses? Confira!

Que o inglês é a língua do momento não é novidade para seu ninguém! Nos dias de hoje, falar inglês é, literalmente, um must-have para qualquer tipo de profissão, pois, além de embelezar o Currículo, te coloca no mercado internacional que, não coincidentemente, fala, negocia e se trata na língua inglesa.

Hoje, no Brasil, seguir com um curso pago de inglês na modalidade presencial demanda tanta coisa que, hoje, apreciamos cada vez mais: dinheiro e tempo – coisas que, hoje, também estão cada vez mais em falta e precisam ser investidos de forma certeira, o que não é segurança em cursinho nenhum-. Além disso, não há garantia nenhuma que, aprendendo da forma convencional, você, de fato, consiga aprender, da fase mais inicial até a fluência.
Então, sabendo disso tudo, confira abaixo as 10 dicas que, seguindo, você conseguirá aprender inglês sozinho- e o melhor, em três meses!-:

1. Tenha um planejamento:
Não é porque você está estudando sozinho que vai ser de qualquer jeito! Nada cresce nem desenvolve sem que seja estritamente planejado, tenha noção de quanto tempo você terá para buscar esse novo conhecimento linguístico, saiba dos seus limites e não coloque altas cargas horarias de estudo logo de cara, tenha noção que você é iniciante e precisa ir com calma sem relaxar muito, consistência com consciência!

2. Procure assistir programas de televisão em inglês:
Seja sitcons, suas series e filmes favoritos que você já conheça todos os diálogos e falas, ou, se você quiser se aventurar, uma nova serie ou filme, o importante é que esteja em inglês. Reconheça suas vantagens e limites com a língua e analise o que fica melhor para o seu aprendizado- sem deixar de se divertir, claro!- Pode começar com apenas as legendas em inglês e o dialogo em português, para depois o inverso, e por ai vai… até que você se sinta confortável para falar a língua de forma quase inata!

3. Não traduza:
Muitas pessoas que têm pouco conhecimento do idioma, ao ouvir uma palavra ou expressão em Inglês, logo pensam em traduzir a palavra ou mesmo a frase. Muitas vezes, e acaba parecendo estranha e sem sentido. Isso acontece porque o Inglês faz parte de um contexto matriz linguística diferente da nossa. Existem expressões, e tipos de frases que não se encaixam na tradução, e sim no contexto. Assim como às vezes ouvimos um estrangeiro falar alguma palavra que não se encaixa em uma frase, mas que tem um significado similar, é porque ele não aprendeu da maneira correta.
A tradução vai acontecendo de forma gradativa e para as pessoas que já tem um domínio do Inglês, acontece de forma natural. Mas para que isso aconteça é preciso muito tempo e dedicação.

4. Não decore:
Se o inglês for algo que você queira que ressoe e se perpetue na sua vida- que é o que esperamos, haha- você deve APRENDER o inglês, pois, ao tentar decorar, você ocupara a sua mente com diversas frases de efeito que, no final das contas, não fara efeito nenhum, o caminho mais difícil é o aprendizado, mas é o que tem consistência.

5. Se puder, viaje:
Viver a língua é a melhor forma de aprender e conseguir a tão sonhada fluência, se puder, viaje para algum país onde você se sinta obrigado a todo o tempo a falar e viver a língua, que, de forma quase imperceptível, vai tomando conta da sua rotina e vai sendo absorvida, quase como osmose!

6. Mude a língua oficial do seu smartphone:
Mude para a língua oficial do seu celular o inglês, assim, toda vez que você pegar no celular- o que sabemos que será várias vezes-, ao mexer nos apps, ou pelo simples fato de já ter aprendido as configurações em português, ficará cada mais próximo da fluência.

7. Pronunciation! :
Ao aprender uma nova língua, a pronuncia é metade do caminho, ou melhor dizendo, halfway, brincadeiras a parte, muito de entender e absorver o inglês é conseguir pronunciar e entender as mais diversas pronuncias, ora, os portugueses e brasileiros alam de forma completamente diferente, assim, da mesma forma será com os ingleses e australianos, por exemplo.

8. Vídeo Aulas:
O maior professor do mundo está sempre disponível para todas as suas dúvidas: o Google! Existem milhares de vídeos aulas ensinando as mais diversas coisas sobre a língua inglesa, tratando de ciência, esportes, história ou, até mesmo a pura aula clássica de inglês, vale muito a pena, confira!

9. Exercise! :
Algumas universidades estrangeiras disponibilizam cursos online gratuitos de inglês para ajudar os brasileiros a desenvolverem melhor o idioma. Além do básico, há exercícios que podem ajudar a fixar mais o conteúdo.

10. Keep going! :
O último- e nem por isso menos importante- ponto dessa lista: a persistência!
Continue, ou melhor, keep going com os estudos, crie metas que você tem certeza que irá cumprir, seja realista, mas respeitoso com o seu processo, tenha paciência, mas constância que, um dia, você será fluente!